segunda-feira, 6 de abril de 2009

Parabólica

Trânsito complicado

O leitor Hibernon Olegário da Silva queixa-se dos constantes engarrafamentos nos arredores do Viaduto de Dois Irmãos. Inclusive, os motoristas das ambulâncias tentam romper o tráfego insistentemente e sem sucesso. Cadê, a CTTU?

Escuro

Um trecho em frente à banca Encontro de Amigos, na Rua Sá e Souza, em Boa Viagem (Setúbal), está, há dias, totalmente escuro, com as lâmpadas de vários postes queimadas. O povo tem medo de ficar na parada de ônibus.

Perigo

Uma rachadura, bem na descida do Viaduto das Cinco Pontas, no sentido Bairro do Recife, continua pondo em risco a segurança dos motoristas. As freadas são constantes e o risco de acidentes é muito grande. Está um perigo.

HSE - Desde ontem, o Hospital dos Servidores do Estado (HSE) reabriu o laboratório de análises clínicas para o usuário do Sassepe, com exames de bioquímica, hormônio, hematologia, bacteriologia e urinário. Rua da Hora, s/n° no Espinheiro.

Semáforo - Sobre o semáforo nº 526, em frente ao Hospital Procape, a CTTU informa que o sinal já foi consertado. Os usuários também podem comunicar à CTTU falhas nos semáforos do Recife pelo telefone 0800. 081.1078.

É mão ou contramão?

O leitor Edson Campos e Silva lembra que a Rua Ministro Nelson Hungria é mão no sentido Centro Boa Viagem e até a Rua Antônio Falcão. Porém, segundo ele, o último quarteirão (cerca de 70 metros), da rua Antônio Falcão até a Rua Mamanguape, por algum motivo que a razão desconhece, é contramão. “Neste quarteirão e devido aos oitões, só há espaço para passagem segura de um veículo. Apesar desta pequena contramão complicar a vida dos moradores, como era mão única, pelo menos tínhamos segurança. Agora, alguém retirou as placas de proibido virar à esquerda da Antônio Falcão e a de contramão da Ministro Nelson Hungria e virou a maior zorra. Tem discussão todo dia. Pois, quem vem na contramão argumenta que não existe sinalização. Sugiro que a Ministro Nelson Hungria seja mão única no sentido Antônio Falcão-Mamanguape e que se acabe com esta bagunça sinalizando a rua. Já liguei três vezes para a CTTU e, até agora, ninguém tomou providência”. afirma Campos.

Descaso na Rua das Flores I

Leitor diz que é lastimável a situação da Rua das Flores, que dá acesso à Avenida Dantas Barreto e a grandes empresas (como os bancos Real e Safra), no Centro do Recife. Com importantes obras artísticas, como o painel de Francisco Brennand, que retrata a Batalha dos Guararapes e versos de Ariano Suassuna, a via exibe o descaso da Prefeitura do Recife com o patrimônio público.

Descaso na Rua das Flores II

Segundo ainda o leitor, o local tornou-se abrigo de moradores de rua e de menores infratores, que se aproveitam dos transeuntes, a qualquer hora do dia, para assaltos. Para piorar, o logradouro é usado como sanitário e o fedor é insuportável.

Maldade

O leitor Gláucio de Sá Leitão Lima pede que a Empresa Borborema tome providências contra alguns motoristas, que estão “queimando” as paradas na Praça do Derby (Linha do Totó),.quando percebem que se trata de idosos.


Esgoto

Os moradores da Rua 45,em Jardim Paulista Baixo, reclamam do descaso da Compesa que, há meses, não conserta um esgoto a céu aberto. A Compesa escavou a rua e, para completar, não terminou o serviço. Desse jeito, não dá!


Vendas - Abertas inscrições para o Curso de Vendas, a ser promovido pela Câmara Americana de Comércio no Recife (Amcham-Recife), no próximo dia 8.
Informações: www.amcham.com.br ou leonardo.gomes@amchambrasil.com.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário