quarta-feira, 28 de agosto de 2013





----- Mensagem original -----
De: João Batista <joaobrh@hotmail.com>
Para: rsampaio@folhape.com.br
Enviadas: Tue, 27 Aug 2013 11:21:39 -0300 (BRT)
Assunto: Comentário

Caro Robson Sampaio, sou leitor assíduo de sua coluna
inclusive já me utilizei da mesma em outra ocasião para externar opiniões.
Pois bem, escrevo novamente para me juntar a tantos outros “eleitores”
insatisfeitos com a mobilidade em nossa Capital e região Metropolitana, somos o
Estado do Buraco...vias importantes e de referência, como por exemplo a Avenida
Recife (caminho para o Aeroporto) está um caos, a exemplo do trecho próximo a
entrada de Jardim São Paulo.
A BR 101 nem se fala! Os pequenos consertos que são feitos,
reaparecem em maior intensidade logo na primeira chuva. Queria arrumar um
emprego desse... tapar buracos numa semana  receber pelo serviço, e na outra precisar
fazer o mesmo e ganhar de novo!  O nome de minha empresa seria: Sonrizasfalto S/A

Não acredito que não exista nenhum órgão que possa
fiscalizar esses desmandos? Não é possível que sejamos obrigados a pagar tão
altos impostos pelos nossos veículos sem que tenhamos o mínimo de retorno?
Aqui pertinho: Paraíba e Natal as estradas parecem de outro
mundo, porque só nosso Estado e Capital está esta zona? Será que nossos políticos
de carteirinha só estão interessados na campanha presidencial e reeleição?
 Uma coisa eu posso
garantir... um político que deseja administrar a Nação, primeiro tem que
administrar sua cidade, seu Estado para tomar como exemplo,  e poder convencer os eleitores
de sua capacidade. E sabe de uma coisa: Não é o caso desse candidato ai !

Muito obrigado pela atenção!
João Batista



VIGITEL

Recife tem 53,3% da população com excesso de peso

Para incentivar a prática de atividade física, MS investiu R$ 13,7 milhões na construção de 93 polos de Academias da Saúde em Pernambuco


Confira aqui a apresentação da pesquisa

O excesso de peso e a obesidade aumentaram Brasil nos últimos sete anos, é o que aponta a última pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel 2012), divulgado nesta terça-feira (27), pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha.
  
Recife acompanha a tendência nacional. A frequência de obesidade e de excesso de peso na população da capital pernambucana passou de 12,3% e 44,4% em 2006, para 17,7% e 53,3% respectivamente. O aumento ocorre tanto em homens quanto mulheres. Na capital de Pernambuco, o percentual de homens obesos subiu de 11,9% para 16,8% e com excesso de peso de 47,8% para 54,3%. Entre as mulheres, os índices de obesidade aumentaram de 12,7% para 18,3% e de excesso de peso de 41,1% para 52,4%.
  
Na primeira edição do estudo, em 2006, 43,2% estavam acima do peso ideal e 11,4% eram obesos no Brasil. Atualmente, o percentual subiu para 51% e 17,4%, respectivamente. É a primeira vez que mais da metade da população brasileira está acima do peso.
O Vigitel retrata os hábitos da população e é um importante instrumento para desenvolver políticas públicas de saúde preventiva. Nesta edição, foram entrevistados 45.448 mil adultos em todas as capitais e no Distrito Federal, entre julho de 2012 a fevereiro de 2013.
  
O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, afirmou que os dados servem de alerta para que toda a sociedade se articule para controlar o aumento da obesidade e do sobrepeso no país. “
  
ALIMENTAÇÃO E ATIVIDADE FÍSICA- Apesar da obesidade estar relacionada a fatores genéticos, há uma influência significativa do sedentarismo e de padrões alimentares inadequados no aumento dos índices brasileiros. Forte aliado na prevenção de doenças crônicas não transmissíveis, o consumo de frutas e hortaliças está sendo deixado de lado por uma boa parte da população de Recife. Apenas 19,3% da população ingerem a porção diária recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), de cinco ou mais porções ao dia.
  
Outro indicador que preocupa é o consumo excessivo de gordura saturada: 30,5% da população da cidade não dispensam a carne gordurosa e 48,6% consomem leite integral regularmente. Os refrigerantes também têm consumidores fieis – 18,3% dos recifenses tomam esse tipo de bebida ao menos cinco vezes por semana. A pesquisa revela também que 31,7% da população da capital pernambucana praticam de atividade física no tempo livre ou no lazer. Os homens (40%) são mais ativos que as mulheres (25,1%).

COMBATE À OBESIDADE - Um dos objetivos do Plano de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT), lançado em 2011, é deter o crescimento da proporção de adultos brasileiros com excesso de peso ou com obesidade.
  
Em março, o Ministério da Saúde criou a Linha de Cuidados da Atenção Básica para excesso de peso e outros fatores de risco associados ao sobrepeso e à obesidade até o atendimento em serviços especializados. A Atenção Básica vai proporcionar diferentes tipos de tratamentos e acompanhamentos ao usuário, o que inclui também atendimento psicológico.
  
A pessoa com sobrepeso (IMC igual ou superior a 25) poderá ser encaminhada a um polo da Academia da Saúde para realização de atividades físicas e a um Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) para receber orientações para uma alimentação saudável e balanceada. Atualmente, 82,1% dos 1.888 NASFs contam com nutricionistas; 85,7% com psicólogos e 61,6% com professores de educação física.
  
Toda a evolução do tratamento será acompanhada por uma das 37 mil Unidades Básicas de Saúde (UBS), presentes em todos os municípios brasileiros. O Programa Academia da Saúde é a principal estratégia para induzir o aumento da prática da atividade física na população. Até agora, já foram repassados R$ 175 milhões, de um total de investimento previsto de R$ 390 milhões.
A iniciativa prevê a implantação de polos com infraestrutura, equipamentos e profissionais qualificados para a orientação de práticas corporais, atividades físicas e lazer. Atualmente, há mais de 2,8 mil polos habilitados para a construção em todo o país e outros 155 projetos pré-existentes que foram adaptados e custeados pelo Ministério da Saúde. Em Pernambuco, o Ministério da Saúde está investindo R$ 13,7 milhões na construção de 93 polos em todo o estado.
  
O Ministério da Saúde investe também em ações preventivas para evitar a obesidade em crianças e adolescentes, como o Programa Saúde na Escola (PSE), que este ano está aberto a todos os municípios e passa a atender creches e pré-escolas. Para 2013, está previsto o investimento de R$ 175 milhões. Outra medida é a parceria do Ministério com Federação Nacional de Escolas Particulares para distribuição de 18 mil Manuais das Cantinas Escolares Saudáveis como incentivo a lanches menos calóricos e mais nutritivos.
 
 
Por Ana Paula Ferraz e Fabiane Schmidt, da Agência Saúde
Atendimento à imprensa – (61) 3315.3580
 


*Ruas do ‘coração’ do Paulista são
asfaltadas pela nova gestão *


         Um antigo sonho dos comerciantes e moradores do Centro do Paulista
vai virar realidade a partir desta quarta-feira (28.08). A Secretaria
Municipal de Infraestrutura dá início, às 10h, a uma *operação para
recapear onze ruas do ‘coração’ da cidade*. As vias, que já são calçadas em
paralelo, concentram diversos estabelecimentos comerciais, escolas,
agências bancárias, entre outros. *O trabalho terá início pela rua do
Cajueiro*, nas proximidades da Praça João Pessoa. Na ação, a nova gestão
vai investir cerca de R$ 525 mil.




         As intervenções nas ruas do Centro devem durar cerca de 30 dias.
Durante a aplicação do revestimento asfáltico, as vias serão interditadas
pela Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade. Agentes de trânsito
irão orientar o condutores e informar as rotas alternativas.
        Os logradouros contemplados na operação são os seguintes: Av.
Palmares; Ruas Adeílson José Alves da Silva; Miguel Cesário; Epitácio
Caxias; Epitácio Pessoa; Santa Tereza; Cajueiro; 1ª, 2ª e 3ª travessas da
Rua Ursa Maior e travessa da Matriz.
*CONTATO:*
*Tiago Magalhães* – secretário de Infraestrutura – 8789.9292.
--
*Assessoria de Imprensa*
**
*Fone: 3433.0623 - E-mail: imprensapaulista10@gmail.com*
*Adilson Oliveira* - 9979.9714
*Oscar Lobo* - 8838.5084 e 9936.7470
*Ilana Costa* - 8610.7713 e 9882.3933
*Thaíse Moura* - 8814.2029
*Regina Clara de Aguiar* - 9647-6227


A influência de espanhóis, árabes
e judeus na cultura nordestina é tema
 de palestra no Instituto Cervantes.

Jean Lima, autor do livro "Espanhol com Sabor Nordestino" conduz a tertúlia literária desta sexta.
 "Espanhol com Sabor Nordestino" é o tema da Tertúlia Literária desta sexta-feira (30), no Instituto Cervantes.  A conferência será guiada pelo professor e cordelista, Jean Lima, que escreveu um livro com este título. A atividade é gratuita e o Instituto Cervantes entregará um certificado de participação aos presentes.
"Vamos fazer um retorno às nossas origens coloniais, de maneira lúdica e divertida, resgatando as heranças ocultas de árabes, judeus e espanhóis na cultura nordestina", explica o autor. Além da parte histórica, a conferência vai abordar curiosidades, cordéis, poesia matuta, costumes e tradições orais e escritas da região, com destaque para as semelhanças entre o nosso "pernambuquês" e a língua espanhola.
Pernambucano descendente de galegos e mouros, Jean Lima vem pesquisando sobre as origens espanholas, mouras e judaicas no Nordeste do Brasil há mais de 15 anos. Atualmente, ele é membro da Academia Pernambucana de Literatura de Cordel e da União Brasileira de Escritores.
Mais informações no Instituto Cervantes através do telefone (81) 3334-0450 ou no e-mail cenrec@cervantes.es.
Serviço:
Tertúlia Literária: Espanhol com Sabor Nordestino
Dia: 30/08/13.
Horário: 17h20
Lugar: Instituto Cervantes do Recife (1º andar)
Av. Gov. Agamenon Magalhães, 4535, Derby, Recife - (81) 3334-0450
Entrada Gratuita


Mais informações sobre o palestrante:
·        Jean Lima é também professor de espanhol desde 1994.
·        Atualmente é mestrando pela Uniber em "Linguística aplicada ao ensino da língua espanhola".
·        Foi professor da Faculdade de Ciencias Humanas de Pernambuco no curso de pós-graduação.
·        Lecionou no Salesiano, Britanic, CCAA, American, Transworld, Decisão, rede Anglo e Wizard.
·        É professor do Instituto Nazareno Superior, representante pernambucano nas Américas em Montevidéu.
·        É ainda autor de mais de 50 títulos de literatura de cordel bilingue (português/espanhol), além de gerenciar o passeio turístico da Copa Rota das Origens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário