segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Parabólica

E o Salário Mínimo? Leia embaixo.


Procuradores da Fazenda reforçam movimento após aprovação da PEC 443 em primeiro turno

Após intensa mobilização com entrega de cargos de confiança e amplo diálogo junto às lideranças do Congresso Nacional, carreira mantém pressão para votação em segundo turno
Com 445 votos favoráveis e 16 contra, foi aprovada no Plenário da Câmara dos Deputados, o substitutivo à PEC 443/09, que vincula o salário dos Procuradores da Fazenda Nacional, demais carreiras da Advocacia-Geral da União (AGU) e delegados da Polícia Federal a 90,25% do subsídio dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).
O texto também amplia a simetria remuneratória aos delegados de Polícia Civil dos estados e do Distrito Federal, além dos procuradores estaduais e municipais.
Para o presidente do Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional (SINPROFAZ), Achilles Frias, a votação da emenda só foi possível graças ao intenso movimento de entrega de cargos de chefia, liderado pelo Sindicato. “É importante que mantenhamos forte campanha para que o segundo turno seja pautado”, reforçou Frias. Outros dois destaques e demais emendas ao texto serão avaliados na próxima terça-feira (11).
A proposta original beneficiaria apenas os membros da advocacia pública federal. Como o decorrer do tempo, outras carreiras foram inseridas.
As carreiras ligadas à AGU possuem a menor remuneração, inclusive em relação aos procuradores dos estados no Brasil. Um procurador da Fazenda Nacional, por exemplo, recebe R$ 12 mil líquido em início de carreira, e R$ 15 mil em final de carreira. Com a aprovação da PEC em 2ª turno e sanção da presidencial, o salário chegaria a R$ 20 mil reais em final de carreira.

Impacto orçamentário

Sobre o impacto da aprovação da emenda no orçamento da União, o presidente do SINPROFAZ, Achilles Frias, ressalta que os efeitos financeiros acontecerão somente daqui a dois exercícios, ou seja, estão programados para 2018 em âmbito federal.
Frias reforça que no caso da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) o impacto é nulo visto que para cada R$ 1 real investido da Procuradoria, o órgão retorna à sociedade e ao Estado R$ 18,55. O cálculo é feito considerando o valor total arrecadado e a despesa realizada pelo órgão em 2014.  Assim a procuradoria poderia ser uma fonte de arrecadação para o país muito maior do que já é.
 “A AGU dá um ótimo retorno para a União com quase um trilhão de reais entre arrecadação e evitar perda na defesa dos pleitos judiciais em face da União. É uma PEC que visa a estruturação do Estado brasileiro e trata de forma igualitária as carreiras das Funções Essenciais à Justiça”.
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, advertiu que a votação da proposta, em segundo turno, está atrelada a aprovação prévia da PEC 172, que impede a transferência de encargos para entes federativos sem a respectiva receita. 


Restaurante "Entre Amigos" de Boa Viagem - Vergonha!

(De Juna Fard)




Situação de emergência.

Em julho deste ano, o número de homicídios, no Agreste Meridional, triplicou em comparação a julho de 2014. Passou de nove para 27, segundo o 9º Batalhão da PM, de Garanhuns. O aumento motivou a realização de audiência pública em Canhotinho, quinta-feira passada,, quando cerca de 1,5 mil pessoas se reuniram para debater a questão. Na ocasião, o prefeito do município, Felipe Porto, decretou situação de emergência ( Por Josué Nogueira).



Olinda amplia exigências para comerciantes que atuam na Orla

Dando continuidade ao trabalho de ordenamento da Orla, a Prefeitura Municipal de Olinda comunica que, a partir da próxima terça-feira (11), não será permitido, aos comerciantes que atuam na área, deixar na faixa de areia materiais provenientes do trabalho realizado no local. Todo o material utilizado durante o dia deverá ser devidamente recolhido após o final do expediente, por volta das 17h. Caso a exigência seja descumprida, o comerciante poderá sofrer apreensão e multa.  



Paulista inicia pré-campanha contra Polio e Multivacinação nesta segunda-feira
            A Secretaria de Saúde do Paulista inicia nesta segunda-feira (10.08) uma pré-campanha Nacional contra Poliomielite e Multivacinação 2015, cuja campanha oficial, planejada pelo Ministério da Saúde, acontece entre os dias 15 e 31 de agosto. A meta do município é vacinar 95% das crianças com idades entre 6 meses e menores de 5 anos, um total de 18.530 pequenos paulistenses.

            Ao todo, a rede de saúde pública do Paulista conta com 47 salas de vacinação que funcionam de segunda a sexta-feira das 8h às 17h.  No sábado, dia 15 de agosto, será o Dia D contra a paralisia infantil (Poliomielite), no qual serão distribuídos 40 postos volantes por toda cidade, instalados em locais como escolas da rede municipal de ensino, o Bompreço do Janga e o Hiper TodoDia de Maranguape I.

            Além de imunizar contra a Poliomielite, a campanha ainda atualizará o cartão de vacina garantindo dose de BCG, Tríplice Viral, Hepatite A e B, Tetravalente, Pentavalente, Rotavírus, PNC 10 e Meningo C. Este é o 36º ano de Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o 26º livre da doença no País.



SERES DESCOBRE INÍCIO DE ESCAVAÇÃO DE TÚNEL EM UNIDADE PRISIONAL DO ESTADO

A Secretaria Executiva de Ressocialização (SERES) informa que na tarde deste domingo,09, foi encontrado um túnel no Presídio Frei Damião de Bozzano-PFDB, no Complexo Prisional do Curado, próximo à quadra da unidade. As escavações ainda estavam no início e ninguém fugiu. O túnel foi encontrado devido a ação integrada dos agentes penitenciários da unidade e do Grupo de Operações de Segurança da SERES (GOS) que continuam trabalhando para identificar os envolvidos.


A secretária vem realizando um série de ações para evitar novas fugas no Complexo Prisional do Curado, entre  elas o reforço da segurança interna,nas proximidades dos muros, a concretagem e construção de mais 15 centímetros de espessura dos muros, em concreto armado, inclusive embaixo da terra para evitar escavações deste tipo, e nas muralhas dos presídios estão sendo fixados alambrados.

Informa ainda que apesar do movimento intenso dentro das unidades prisionais, neste domingo, devido ao dia dos pais, nenhuma intercorrência foi registrada e tudo ocorreu dentro da normalidade.
-- 
Atenciosamente,

ASSECOM/SERES


Sinpol vai ao STF contra jornada
 extra da segurança pública

O Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco) vai ajuizar uma Ação Direta no STF (Supremo Tribunal Federal) na próxima segunda-feira (10/08) pedindo a inconstitucionalidade do PJES (Programa de Jornada Extra da Segurança Pública). O Anúncio foi feito pelo presidente do sindicato, Áureo Cisneiros, em uma entrevista coletiva nesta manhã nesta sexta-feira (07/08).

Áureo Cisneiros explicou que o programa é o responsável por problemas de saúde na categoria que chega a realizar, por mês, 96 horas extras a mais que a escala normal.

Áureo também anunciou números da violência em Pernambuco levantados pelo sindicato. Até 3 de agosto, o Sinpol levantou que já foram mortas em Pernambuco 2.206 pessoas, sendo que 23 cidadãos e cidadãs mortos em 2015 ainda estão em situação de "morte a esclarecer", o que pode aumentar ainda mais esses números.

O Sinpol também levantou que já houve na Região Metropolitana do Recife quase um mil assaltos a ônibus coletivos e que mais de oito mil veículos particulares foram roubados ou furtados em Pernambuco, de janeiro a julho. Áureo também afirmou que a polícia civil de Pernambuco continua trabalhando com 40% do efetivo ideal, ou seja, que necessitaria para atendimento constitucional ao cidadão pernambucano de, pelo menos, mais cinco mil homens e mulheres em suas fileiras.

SOBRE O PJES

Áureo Cisneiros criticou durante o PJES. "Os policiais civis não toleram mais exploração. Estamos com mais de 50% dos cargos vagos na polícia civil, ou seja, as investigações estão praticamente paralisadas em nosso Estado. Os inquéritos estão se acumulando nas prateleiras por falta de policiais. A gente entregou a jornada extra porque era uma forma do Estado tapar o buraco por falta de efetivo", explicou o presidente do Sinpol.

"O PJES não paga os direitos garantidos na Constituição Federal para qualquer trabalhador no Brasil. Hora extra é direito. O Estado viola a Constituição e os direitos trabalhistas consagrados no mundo inteiro. O policial civil deveria receber em média R$ 50 por uma hora, o Estado de Pernambuco paga R$ 15. Isso pode ser no feriado, ao dia, a noite, ou seja, não dá mais para ser explorado. Os policiais civis entregaram sim o PJES porque esse programa tem afetado nossas famílias, tem colocado nossas vidas em risco", denunciou Áureo.

O presidente do Sinpol também comentou a morte do policial militar Marcílio Xavier. "Morto porque estava sozinho trabalhando no programa de jornada extra. O Estado deixou um companheiro trabalhando sozinho. Um policial sozinho não protege nem sua própria vida, quanto mais a dos cidadãos e cidadãs", lembrou.
"Assim também, houve casos de companheiros nossos da Polícia Civil que se suicidaram devido ao cansaço da sobrecarga horária. Existe aumento dos problemas psicológicos em nosso efetivo. Não dá mais para tolerar essa exploração, os policiais vão entregar e não vão mais voltar para o PJES", disse.

JESUALDO CAMPOS SOBRE A ADIN
O advogado do Sinpol, Jesualdo Campos Júnior,
 explicou como vai entrar com a ADIN contra o PJES. "Em função das várias ilegalidades e inconstitucionalidades no programa PJES, o Sinpol elaborou uma ação pedindo para que, enquanto essas irregularidades não sejam sanadas, ou seja, não seja paga a hora extraordinária prevista na Constituição, não seja permitida a realização do PJES. É inconstitucional o valor que está sendo pago. O valor deveria ser de R$ 50 e o Governo paga R$ 15, o que caracteriza 'redução de remuneração'. Segundo, não está sendo pago repouso remunerado e, terceiro, está havendo uma grave ilegalidade porque o PJES está sendo pago por fora do contracheque, ou seja, depositado na conta, sonegando tributos que deveriam ser pagos pelo governo", disse o advogado que vai protocolar a ADIN na segunda-feira, 10 de agosto.





PREVISÃO DO TEMPO PARA PERNAMBUCO
Atualizado no dia 10 de Agosto de 2015 às 09:00 horas, válida para os dias 10/08/2015 e 11/08/2015
Região Metropolitana
HojeAmanhã
Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 29º Mínima: 19º
Vento(m/s): Sudeste, Fracos a moderados
Umidade Relativa do Ar: 52 a 88
Parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada no período da madrugada e primeiras horas da manhã com intensidade fraca.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 30º Mínima: 20º
Vento(m/s): Sudeste, Fracos a moderados
Umidade Relativa do Ar: 52 a 90
Mata Norte
HojeAmanhã
Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 28º Mínima: 20º
Vento(m/s): Sudeste, Fracos a moderados
Umidade Relativa do Ar: 55 a 90
Parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada no período da madrugada e primeiras horas da manhã com intensidade fraca.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 28º Mínima: 19º
Vento(m/s): Sudeste, Fracos a moderados
Umidade Relativa do Ar: 55 a 95
Mata Sul
HojeAmanhã
Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 29º Mínima: 19º
Vento(m/s): Sudeste, Fracos a moderados
Umidade Relativa do Ar: 55 a 94
Parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada no período da madrugada e primeiras horas da manhã com intensidade fraca.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 29º Mínima: 19º
Vento(m/s): Sudeste, Fracos a moderados
Umidade Relativa do Ar: 55 a 92
Agreste
HojeAmanhã
Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 29º Mínima: 16º
Vento(m/s): Sudeste, Fracos a moderados
Umidade Relativa do Ar: 48 a 98
Parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada no período da madrugada e primeiras horas da manhã com intensidade fraca.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 29º Mínima: 16º
Vento(m/s): Sudeste, Fracos a moderados
Umidade Relativa do Ar: 50 a 98
Sertão de Pernambuco
HojeAmanhã
Parcialmente nublado a claro sem chuva em toda a região ao longo do dia.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 31º Mínima: 13º
Vento(m/s): Sudeste, Fracos a moderados
Umidade Relativa do Ar: 26 a 83
Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 32º Mínima: 13º
Vento(m/s): Sudeste, Fracos a moderados
Umidade Relativa do Ar: 24 a 80
Sertão de São Francisco
HojeAmanhã
Parcialmente nublado a claro sem chuva em toda a região ao longo do dia.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 32º Mínima: 17º
Vento(m/s): Sudeste, Fracos a moderados
Umidade Relativa do Ar: 27 a 80
Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 32º Mínima: 16º
Vento(m/s): Sudeste, Fracos a moderados
Umidade Relativa do Ar: 25 a 78
Sertão de São Francisco
HojeAmanhã
Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 32º Mínima: 16º
Vento(m/s): Sudeste, Fracos a moderados
Umidade Relativa do Ar: 25 a 78
Parcialmente nublado com chuva rápida de forma isolada no período da madrugada e primeiras horas da manhã com intensidade fraca.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 31º Mínima: 25º
Vento(m/s): Sudeste, Fracos a moderados
Umidade Relativa do Ar: 70 a 100
Fernando de Noronha
HojeAmanhã
Parcialmente nublado sem chuva em toda a região ao longo do dia.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: 30º Mínima: 25º
Vento(m/s): Sudeste, Fracos a moderados
Umidade Relativa do Ar: 70 a 100
.

Temperatura(ºC): Estável
Máxima: º Mínima: º
Vento(m/s): ,
Umidade Relativa do Ar: a 

TENDÊNCIA DA PRECIPITAÇÃO PARA PERNAMBUCO
A PARTIR DO DIA 11 de Agosto de 2015
Obs.: Esta tendência é resultado de modelos numéricos e não tem interferência direta dos meteorologistas.
RegiãoDia 11/08Dia 12/08Dia 13/08Dia 14/08Dia 16/08Dia 16/08Dia 17/08
Região MetropolitanaLeve a FracaLeve a FracaLeve a FracaLeve a FracaFraca a moderadaLeve a FracaLeve a Fraca
Mata NorteFraca a moderadaLeve a FracaLeve a FracaFraca a moderadaFraca a moderadaLeve a FracaLeve a Fraca
Mata SulLeve a FracaLeve a FracaFraca a moderadaLeve a FracaFraca a moderadaLeve a FracaLeve a Fraca
AgresteLeve a FracaLeve a FracaFraca a moderadaLeve a FracaLeve a FracaLeve a FracaLeve a Fraca
Sertão de PernambucoSem ChuvaSem ChuvaLeve a FracaLeve a FracaSem ChuvaSem ChuvaSem Chuva
Sertão do São FranciscoLeve a FracaLeve a FracaLeve a FracaLeve a FracaSem ChuvaSem ChuvaSem Chuva
Fernando de NoronhaLeve a FracaLeve a FracaLeve a FracaLeve a FracaLeve a FracaLeve a FracaLeve a Fraca






Atenciosamente,

Gerência de Meteorologia e Mudanças Climáticas GMMC/APAC
Fone: (81) 3183-1061
www.apac.pe.gov.br/meteorologia/


Programa de Aceleração do CESAR abre nova chamada

Interessados podem submeter suas propostas até o dia 30 de agosto.

Estão abertas as inscrições para o novo ciclo do CESAR.LABS, a aceleradora do instituto CESAR. O objetivo é estimular a criação de novos empreendimentos de estágio inicial, ainda na fase da ideia, bem como desenvolver startups em estágios mais avançados que necessitem evoluir outros aspectos de seu modelo de negócios. Até o dia 30 de agosto, qualquer pessoa, física ou jurídica, que tiver algum projeto inovador que se enquadre nos perfis do programa, pode se inscrever por meio do site da aceleradora.
Os empreendimentos selecionados contarão com uma série de benefícios, entre os quais se destacam a alocação dentro de um dos maiores institutos de inovação do Brasil, uma rede de mentoria formada por CEOs de empresas geradas pelo CESAR e recursos financeiros e técnicos para o desenvolvimento dos projetos.
“O foco do trabalho do CESAR.LABS não fica apenas em trazer investidores para a acelerada, mas principalmente em captar clientes para aquele negócio nascente, porque acreditamos que é o cliente final quem valida o empreendimento. Assim, concentramos esforços em aproximar estes empreendedores da área de Negócios do CESAR, que lida com uma carteira de mais de 60 clientes nacionais e internacionais”, explica Josete Azevedo, coordenadora da ação.
O programa de aceleração atende empreendimentos em diferentes estágios de maturidade – desde a ideia em sua fase conceitual, até empresas que já atuam no mercado. O processo seletivo é dividido em três etapas. Na primeira, qualquer empreendedor pode se candidatar – para isso, basta preencher e enviar o formulário de inscrição disponível no site. Se a empresa for selecionada, seguirá para a segunda etapa, onde irá apresentar sua ideia à equipe gestora da aceleração, a fim de validar e refinar a proposta. E na última etapa, a empresa fará uma apresentação final ao Comitê de Investimentos do CESAR.LABS, que avaliará a viabilidade de execução da sua ideia no programa. Todas as etapas serão classificatórias e, caso a ideia seja aprovada, serão iniciados os procedimentos formais para liberação dos recursos econômicos e financeiros.
Os interessados podem submeter suas propostas por meio do site da aceleradora www.cesarlabs.com. O resultado da primeira etapa está previsto para o dia 15 de setembro e o programa deve começar no mês de novembro.


SOBRE O CESAR
O CESAR é um centro privado de inovação que cria produtos, serviços e empresas com Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs). Desde 1996, a instituição desenvolve soluções em todo o processo de geração de inovação em e com TICs - desde o desenvolvimento da ideia, passando pela concepção e prototipação, até a execução de projetos para empresas dos mais diversos setores, como: telecomunicações, eletroeletrônicos, defesa, automação comercial, financeiro, logística, energia, saúde e agronegócio. Atendendo a clientes como o Exército Brasileiro, Fundação Telefônica, Oi Futuro, Alcatel, Gemalto, Bematech, Rapidão Cometa, LG, Sonae Sierra Brasil, Whirlpool, Tetrapak, Motorola, Positivo, Samsung, CHESF, Siemens e Saraiva.
O CESAR também atua na área educacional, com cursos de extensão e mestrado profissional em TICs, além de oferecer consultorias tanto para a criação de modelos/metodologias educacionais inovadoras, como para criação de estratégias de negócio conectadas com tecnologia.
Prêmios e reconhecimentos nacionais validam a contribuição do CESAR para o desenvolvimento da indústria de inovação no país. Destaque para o Prêmio FINEP de Mais Inovadora Instituição de Pesquisa do Brasil (2004 e 2010), o Prêmio de Modelo de Negócios Mais Inovador do País pela Revista Época Negócios (2009) e o Prêmio Info200 de Melhor Empresa de Serviços de Software (2005). Mais em www.cesar.org.br.


Nenhum comentário:

Postar um comentário